Dicas da Cema: Brincadeiras para crianças -11 idéias bacanas pra brincar em casa

Brincadeiras para crianças -11 idéias bacanas pra brincar em casa



Férias ,criançada em casa, alegria, energia de sobra.
O que fazer para não tornar esses dias entediantes?
As crianças de hoje em dia ficam muito tempo conectadas, quando não estão no computador, nas redes sociais, estão jogando vídeo–game ou em frente a TV vendo desenhos, isso quando não fazem os três ao mesmo tempo, e acredite , eles conseguem.

Esta exposição excessiva às ondas eletromagnéticas não é saudável nem pra adultos nem para crianças.

Uma boa opção para amenizar o problema é criar um horário para as brincadeiras que se pode fazer em família.

 Ai vão 11 dicas de brincadeiras para fazer com as crianças.

1- Jogo de Damas: O jogo de damas é praticado em um tabuleiro de 64 casas, claras e escuras. O objetivo do jogo é imobilizar ou capturar todas as peças do adversário.





2 - Passar anel: Pra começar a brincadeira, um dos participantes é escolhido para passar o anel. Os outros participantes formam uma fila e todos ficam com as mãos unidas e entreabertas, como uma concha fechada. 

O participante também posiciona as mãos em formato de concha, mas com o anel dentro. Ele deve passar as mãos dele por dentro das mãos de cada participante. E ele escolhe um dos jogadores e deixa o anel cair nas mãos dele sem que os outros participantes percebam.

Depois ele deve passar pelo menos mais uma vez pela fila inteira novamente, para que ninguém desconfie onde está o anel. 


Depois disso ele escolherá outro participante que não esteja com o objeto e este deve adivinhar onde o anel está. Se acertar será a vez dele passar o anel. Se errar é sai dessa rodada. 





3 - Stop: Comece definindo quais serão as categorias do jogo.Geralmente são escolhidos: NOMES, ANIMAIS, CORES, FRUTAS, CARROS e CEP , que é uma sigla para cidade, estado ou país.

Depois disso, desenhe uma tabela para cada  jogador com colunas em uma folha de papel e escreve, em cada uma destas colunas, o nome de uma das categorias.

Os jogadores mostram as mãos com a quantidade de dedos abertos que preferir, conta-se os dedos com letras e a letra final é a guia da rodada. Todos escrevem em suas tabelas, o mais rápido possível, palavras que começam com aquela letra e se encaixam nas categorias da tabela.

O primeiro a preencher todas as categorias diz "stop" em voz alta. 

Feito isso, todos os demais participantes param de escrever e contabilizam os pontos: 5 para palavras que se repetiram na tabela de outros jogadores; 10 para palavras diferentes de outros jogadores e 15 pontos se o jogador for o único a preencher aquela categoria. 


 4 - Resta 1: O objetivo do jogo é deixar apenas uma bolinha no tabuleiro. Para eliminar uma bolinha, você precisa "pular" sobre ela, como no jogo de Damas. 



Para fazer isso, salte  sobre a bolinha que vai pular outra que tenha uma casa vazia ao lado. Ganha o jogo quando resta apenas uma bolinha ou quem deixar a menor quantidade de bolinhas.



                            




5 - Charadas: Para esta brincadeira é preciso ficar atento ao trocadilho das palavras utilizadas na pergunta, pois, na maioria das vezes a resposta está ali mesmo.

O jogo funciona assim,  um participante fará as perguntas para os outros participantes e, quem acertar, ganha um ponto. Essa brincadeira também é conhecida como o que é, o que é?, e adivinha o que é?


6- Pedra, Papel e Tesoura: Este jogo é bem simples, mas rende boa diversão.
Nele, os participantes ficam um de frente para o outro e, ao mesmo tempo, jogam uma das mãos para frente representando um dos três símbolos: pedra (mão fechada), papel (mão aberta) ou tesoura (dedos indicador e médio estendidos). 

Para definir o vencedor segue-se a seguinte regra: pedra ‘quebra’ a tesoura; tesoura ‘corta’ o papel e papel ‘embrulha’ a pedra. Também é conhecido como jo-quem-pô.


7 – Esconde-esconde: Esta é bem simples. Escolha um dos participantes para ficar em um lugar da casa ou quintal virado para a parede com os olhos fechados e conta em voz alta ate 10. Os outros vão se esconder. 
O primeiro a ser encontrado vai contar e os outros vão se esconder novamente.

8 - Detetive  Recorte pedaços de papel em tamanhos iguais de acordo com o número de participantes. Em um dos papeis escreva ‘detetive’ e em outro, ‘assassino’. Nos outros, escreva vítima. 

Todos devem sentar em círculo, de modo que todos consigam ver uns aos outros, depois deve distribuir os papéis dobrados entre todos . 

Os participantes que tirarem os papéis em branco serão as vítimas. Discretamente, o assassino deve observar as vítimas e piscar para cada uma delas. O alvo da piscadela deve esperar alguns segundos e dizer: ‘Morri’.

O detetive deve ficar atento para descobrir quem é o assassino, quando acreditar que sabe quem é, dizer o nome da pessoa. Se errar, está fora do jogo.

O assassino, por sua vez, deve tomar cuidado para não piscar para o detetive ou acabará preso. Quando o assassino for desvendado ou o detetive eliminado, os papéis são redistribuídos e o jogo recomeça. 






9 - Dominó: No jogo básico, as pedras são viradas com os números para baixo, embaralhadas e cada jogador fica com sete peças na mão. 

Se o número de jogadores for menor do que quatro, as pedras restantes são colocadas de lado.

Começa o jogador com a dupla mais alta, normalmente a dupla de 6.

Ele coloca a pedra na mesa e o participante à esquerda deverá encaixar uma de suas pedras que tiver o mesmo número em um dos lados, assim, serão abertas duas pontas diferentes e o jogador seguinte deverá colocar uma pedra em um dos lados, e assim sucessivamente. 

Vence o jogador que eliminar suas pedras primeiro. 



10 - Mímica: Para Jogar, divida os participantes em duas equipes. Escreva nomes de filmes, de pessoas famosas, ou  desenhos animados em pedaços de papel. Depois disso, sorteie os papeizinhos entre os participante de cada equipe. 



Quem recebeu não poderá revelar para o resto do grupo o que está escrito. Por meio de gestos do representante, o resto do grupo deve tentar adivinhar o que estava escrito no papel. Bacana é determinar um limite de tempo para que as equipes desvendem a mímica.




 11 - Contar histórias-  Você pode escolher algum clássico da literatura infantil fazer uma roda e ler, ou pode usar a imaginação, um começa a história conta uma parte e passa para o participante do lado, que conta mais uma parte e assim, da a volta em todos os participantes, ai o final e o enredo poderá der sempre diferente, alem de estimular a imaginação da criançada.

Aproveite as idéias e boa diversão.


Se inscreva no canal: YouTube

Curta a página :        Facebook

Siga no twitter:         Twitter

Adicione no:             Google Plus

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário